Logística Interna: 4 Passos para melhorar a sua empresa

logística interna
9 minutos para ler
Compartilhe:

Você conhece os benefícios da Logística Interna?

Para muitos profissionais, a ideia de logística está sempre atrelada apenas ao processo de entrega de produtos à casa/empresa do cliente e, sob essa perspectiva, diversas empresas focam  seus maiores esforços logísticos apenas nesta etapa.

Porém, antes do produto ser transportado para sua destinação, existe um verdadeiro trabalho interno nos armazéns, movimentando e preparando a mercadoria para o envio.

Essa é uma etapa extremamente importante, logo que, se não for bem planejada, compromete integralmente a cadeia de entrega.

E é aqui que entra a importância da logística interna, estabelecendo processos padronizados que garantem maior agilidade e economia monetária e de tempo.

Nesse texto explicaremos como esse método pode favorecer qualquer empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte.

O que é logística interna e o que ela pode fazer pela sua empresa?

Logística interna é uma subárea do processo logístico de uma empresa, responsável pelas movimentações e fluxos que acontecem dentro do armazém, na área fabril e entre elas.

Podemos dividir a logística interna em dois segmentos.

1 ) Operações primárias

Compostas por atividades relacionadas à otimização dos serviços, como manutenção de estoque e processamento de pedidos e transporte.

2) Operações de apoio

Logo, dão suporte às primárias. Gerenciamento e controle de matéria prima e recebimento de mercadorias são alguns exemplos destas operações.

Quando essas duas partes são bem estruturadas, conversando entre si, a empresa é extremamente beneficiada, logo que os processos se tornam mais fluidos e lógicos.

Com a logística interna, a sua empresa ganha em:

  • Mais organização;
  • Redução de custos de mão de obra, transporte, estocagem e infraestrutura;
  • Melhoria no gerenciamento de compra, recebimento, estocagem, armazenamento e expedição de mercadorias;
  • Eliminação de desperdícios;
  • Melhora na gestão de pessoas;
  • Satisfação do cliente ao receber o produto no prazo estipulado e sem avarias.

E, como consequência, a empresa tem maiores lucros com a adesão destas boas práticas.

Dessa forma, as vantagens competitivas são mantidas, além de possibilitar o crescimento empresarial, de forma organizada.

4 passos para melhorar a logística interna da sua empresa

De forma prática, separamos 4 boas práticas que te ajudarão a aprimorar os processos de logística interna da sua empresa:

1. Defina o melhor processo de Picking e Packing para sua empresa

importância da logística interna nas empresas

Picking e Packing são dois processos complementares que visam a separação e preparação para envio de produtos adquiridos pelo cliente.

Existem diversos modelos de picking e packing que podem ser aplicados às diversas necessidades e tamanho da empresa.

2. Armazenamento verticalizado

Embora a aplicação da logística interna possibilite a eliminação de estoque, para muitas empresas a estocagem ainda pode ser necessária.

Se esse é o caso da sua empresa, também há maneiras que a logística interna pode contribuir na otimização de tais movimentações e armazenamento de produtos e matéria prima.

Um bom exemplo disso é o armazém verticalizado.

Por vezes, o crescimento da empresa pode acontecer rapidamente, sendo necessário adequar o estoque na mesma velocidade.

Verticalizar o armazenamento garante redução de custos, otimização de espaço além de processos mais utilizados.

3. Investir em equipamentos seguros e de qualidade

Se você tem contato direto com as atividades internas de um armazém, sabe como a movimentação de produtos e equipamentos é constante.

Além de estabelecer fluxos bem definidos, é importante contar com equipamentos que garantam o bom exercício destas atividades e segurança dos funcionários e mercadorias.

Por isso, investir em empilhadeiras, paleteiras e carrinhos de carga de boa qualidade, vai evitar complicações logísticas e garantir que a movimentação interna ocorra de forma efetiva.

4. Defina rotas padronizadas e cíclicas

E por falar em movimentações, ao traçar rotas internas é possível alocar funcionários e aproveitar da melhor forma a estrutura da empresa.

Assim, as movimentações (seguras e eficazes pelos equipamentos de qualidade) tornam-se menores e, consequentemente, os ciclos de reposição e processos internos passam a ser mais inteligentes e ágeis, além de reduzir os custos de manutenção.

4 ferramentas para melhorar a logística interna

Melhorar a logística interna de uma empresa implica também em olhar para as possibilidades de ferramentas disponíveis para sua otimização, e a tecnologia vem auxiliar fortemente nesse quesito.

Confira essas 4 excelentes ferramentas:

1. Transportation Management System (TMS)

Como sugere a tradução, essa é uma ferramenta de administração do sistema de transporte.

Basicamente, a ideia é acompanhar e levantar dados em torno de todo o processo de transporte (fretes, despachos, entregas, rastreio de carga, emissão de notas fiscais, custos logísticos, entre outras atividades)

Com estas informações, é possível monitorar cada etapa para realizar melhorias contínuas, otimizando toda a cadeia.

catálogo equipacenter 2023

2. Warehouse Management System (WMS)

Esse sistema é destinado ao gerenciamento de armazéns, mais especificamente das etapas de encomenda, compra, recebimento de produtos e geração de pedidos feitos pelos consumidores.

Em resumo, a ferramenta fornece controle total de rastreamento dos itens do estoque, o que minimiza a perda de produtos, diminui a movimentação de mercadorias internamente e possibilita maior acuracidade de estoque.

Além disso, oferece também diversas funcionalidades específicas, como picking, controle de portaria e endereçamento de produtos, dependendo das necessidades de cada empresa.

3. Task Management Tool (TMT)

Os TMT são ferramentas destinadas ao gerenciamento de tarefas diárias.

Pensando no ritmo cotidiano da empresa, são excelentes ferramentas para a gestão de atividades rotineiras, possibilitando visualizar todo o escopo de trabalho da equipe ao longo de um período de tempo.

Assim, possibilita adequar as operações da equipe, de forma mais funcional e otimizada. 

4. Enterprise Resource Planning (ERP)

A ideia desses sistemas é integrar unidades e setores da empresa.

A efetividade dos processos de logística interna tange também a boa comunicação entre todas as partes do ambiente empresarial, de forma a funcionarem como um grande ecossistema.

Os ERP cobrem exatamente essa necessidade, dando ao gestor uma visão geral de todo o processo, oferecendo, então, a inteligência necessária para a tomada de decisão precisa.

Veja também: 6 livros sobre logística indispensáveis para profissionais da área

3 tendências para otimizar a logística interna

gestão de logística

E por falar da presença tecnológica, a logística interna tem acompanhado o que é conhecido como indústria 4.0 que, em resumo, trata-se da digitalização dos processos industriais.

Por isso, veja agora 3 tendências de otimização da logística interna.

1. Integração de softwares

Assim como mostramos anteriormente, a comunicação entre diversos setores de uma empresa é de extrema importância para uma melhor eficiência da logística interna.

Da mesma forma, realizar um planejamento estratégico que integre programas de diferentes departamentos proporciona processos mais coerentes e inteligentes, que suprem as necessidades mútuas.

Porém, para isso, é necessária uma estrutura física e digital que possibilita que tais integrações sejam funcionais.

2. Automação das movimentações internas de produtos

Como vimos, quanto mais otimizados os transportes internos, melhor é para a logística interna. Nesse sentido, automatizar tais processos vêm de encontro a essa necessidade.

Em empresas com grande volume de cargas, com rotas repetitivas, investir em tais sistemas de movimentação traz benefícios imediatos e de longos prazos.

Porém, é uma tecnologia que também pode ser aplicada facilmente em e-commerces, logo que com o grande volume de mercadorias pequenas adquiridas pelo consumidor, a automação apressa os processamentos de pacotes e embalagens.

3. Picking e Packing robotizados

Embora pareça estranho, a ideia de robotizar os processos de picking e packing tange um trabalho colaborativo com a equipe de operadores, e não sua exclusão.

Robotizando tais tarefas, os trabalhos braçais e mais exaustantes passam a ser destinados às máquinas, enquanto a equipe de funcionários destina-se ao gerenciamento e funcionalidade do armazém em sua capacidade integral.

Tal junção também pode ser vista como uma forma de oferecer maior salubridade ao ambiente de trabalho, evitando atividades humanas exaustivas.

A importância de capacitar a equipe 

Sabemos que apesar de toda automação e tecnologia, o ambiente empresarial é composto, em sua essência, por pessoas.

São elas que, no fim, fazem acontecer o cotidiano de trabalho e atividades, inclusive quando o assunto é logística interna.

Por isso, para além de qualquer ferramenta de gestão, é preciso ter equipes bem capacitadas e treinadas para, de fato, obter melhores resultados em todos os processos.

E o primeiro passo para isso é criar um ambiente empresarial motivador, no qual as equipes se sintam instigadas a aprimorarem suas atividades, trabalhando com muito mais assertividade e, como consequência, reduzindo custos logísticos.

Assim, promova treinamentos formais, palestras e promova o conhecimento e capacitação dos funcionários, com cursos específicos para formação especializada.

Além disso, incentive o desenvolvimento pessoal e profissional de cada colaborador.

Equipes com alto grau de instrução, que recebem incentivos e estão motivadas, desenvolvem inteligência estratégica, o que torna a empresa mais competitiva em qualquer mercado de atuação.

São verdadeiros ganhos mútuos.

Uma verdadeira prática de vantagem competitiva

E agora que você já está familiarizado com todos os benefícios e de ter uma boa logística interna, chegou a hora de colocá-la em prática na sua empresa.

Avalie cada processo, entenda suas necessidades e aplique as que mais fazem sentido para a realidade da sua empresa.

Não se esqueça que o aplicar esforços logísticos de forma interna é tão importante quanto o processo de entrega.

No nosso site, você pode conferir nossa Linha de Movimentação, na qual você encontra uma série de produtos a fim de otimizar a sua logística interna.

Compartilhe:
Você também pode gostar

Deixe um comentário