Logística da Amazon: história, aprendizados e como funciona no Brasil

logistica amazon
10 minutos para ler
Compartilhe:

Comerciantes que atuam no atacado e também no varejo sabem que a logística é fundamental para o bom desempenho das vendas e também para manter a saúde financeira do negócio sob controle.

As boas práticas de gerenciamento são o caminho para os lucros. 

E quando o assunto é a gestão da cadeia de suprimentos e o transporte de mercadorias, não dá para deixar de mencionar a logística da Amazon.

A maior empresa varejista do planeta não é só boa nas vendas, ela também dá um show na hora de organizar seu estoque e fazer as entregas. 

A companhia de Jeff Bezos é referência mundial em logística, não só pela forma como seus processos funcionam, mas também pelo investimento tecnológico feito para ter mais eficiência a cada venda. 

Quer saber mais sobre como funciona a logística da Amazon?

Acompanhe nosso artigo e descubra como a empresa inovou com a adoção dos robôs de logística e como é a realidade da filial brasileira!

De livraria à maior varejista do planeta

inicio da amazon

A foto antiga e sem resolução parece retratar tudo, menos o escritório de uma gigante da tecnologia, não é mesmo? 

Mas até os maiores começaram pequenos, e com a Amazon não foi diferente.

A pessoa retratada trabalhando na imagem acima é Jeff Bezos, fundador da empresa e segundo homem mais rico do mundo

O ano era 1994 e o empreendedor estava começando seu negócio em uma área muito pouco explorada: a internet.

A Amazon começou vendendo peças de computador usadas, mas se firmou mesmo com a venda de livros

O diferencial da empresa era a forma de compra online. Parecia mágica poder adquirir livros sem precisar ir à livraria, buscar pelas obras nas prateleiras e nem falar com nenhum atendente.

Mas a confiança no sucesso não veio logo de cara. Durante as primeiras semanas, até um sino foi instalado no escritório para comemorar as vendas. 

Porém, não demorou muito para que ele fosse retirado de cena, tamanho era o volume de novas encomendas.

Depois de se firmar no varejo literário, Jeff Bezos começou a dar vida à empresa que sempre sonhou: um negócio capaz de vender qualquer produto remotamente.

Aos poucos a companhia ampliou suas áreas de atuação até vender (quase) tudo. E não parou por aí.

Atualmente a empresa faz parte do grupo dos 5 maiores conglomerados de tecnologia junto com Google, Facebook, Microsoft e Apple. 

De acordo com os últimos balanços, a empresa lucrou 19 bilhões de dólares em 2020, faturou US$400 bi e tem valor de mercado estimado em US$1 trilhão.

Curiosidades rápidas sobre a Amazon:

  1. A cadeia logística da Amazon é uma das maiores do mundo. Nos EUA, ela foi a pioneira a entregar a mercadoria um dia depois da compra. 
  2. Jeff Bezos começou com livros, pois o mercado literário tinha o maior catálogo do mundo. Eram mais de 3 milhões de obras publicadas em 1994. 
  3. O nome da empresa é inspirada no rio Amazonas, porém, seu primeiro nome era Relentless (palavra que significa algo como implacável). O site ainda existe, mas leva direto para a página da Amazon nos EUA.

Por que a logística da Amazon é referência no mundo?

como funciona a logistica da amazon

Existem algumas razões que explicam por que a logística da Amazon é tão memorável, mas quase todas elas vão terminar falando do mesmo assunto: inovação.

A inovação foi o ponto fora da curva da empresa. 

Ao estabelecer seu negócio na internet, Bezos já sabia que o grande calcanhar de aquiles do e-commerce eram os prazos de entrega. 

Para muita gente, esperar dias por uma compra era algo desconfortável, e a Amazon fez o que pôde para diminuir este impacto, se baseando em uma filosofia certeira: tão importante quanto vender é entregar. 

A companhia contratava diversas transportadoras terceirizadas para criar uma grande cadeia de entrega rápida. Este foi o primeiro diferencial. 

Em seguida, a Amazon percebeu que seria mais fácil descentralizar o estoque e criar diversos centros de distribuição.

Espalhar o estoque em vários locais facilitou os fluxos logísticos e deixou entregas ainda mais rápidas, além de fazer a empresa ser bem recebida em diversas cidades devido ao seu potencial de gerar novos empregos.

Mas não foram somente esses dois pontos, que hoje parecem tão básicos, que fizeram o diferencial da Amazon.

A companhia nunca deixou de investir em tecnologia focada em sua cadeia de suprimentos.

A inovação está presente tanto nos processos quanto nas ferramentas. 

Alguns armazéns da Amazon contam até com robôs de logística, que movimentam lotes de mercadorias de um lado para o outro de modo muito coordenado e seguro.

Além da disrupção tecnológica em seus processos internos, até mesmo os meios de entrega apresentaram novidades. 

Em alguns locais dos EUA, a empresa entrega usando drones!

E por falar em transporte, vale lembrar que a Amazon foi uma das pioneiras na criação de sua própria frota, algo que hoje vemos no Brasil com o Mercado Livre

Além disso, ela utiliza praticamente todos os modais de transporte disponíveis. 

4 aprendizados e diferenciais da logística da Amazon para você se inspirar

A logística da Amazon, apesar da estrutura gigantesca, oferece alguns exemplos do que o seu negócio pode fazer para ter bons resultados e aprimorar a relação com a clientela. 

Veja alguns dos aprendizados mais importantes:

catálogo equipacenter 2023

1. Foco total no cliente

Desde o começo, Jeff Bezos acreditava que a entrega rápida seria um diferencial. 

O foco sempre foi a felicidade do cliente, por isso houve tanto investimento em logística e frete. 

A Amazon sabia que o ponto-chave seria a redução do prazo entre compra e chegada do produto, mas ela foi além desse fator e ofereceu excelentes ferramentas de suporte e atendimento.

Esses investimentos ajudaram no relacionamento com clientes, seja para tranquilizá-los quanto às entregas quanto para nutrir a relação no pós-venda.

2. Diversidade na entrega

Antes de ter sua própria frota, a Amazon fez diversas parcerias com empresas para ter uma ampla rede de atendimento. 

Seu negócio pode até ter um alcance muito menor, mas fica a dica: nunca conte com apenas uma parceria

Concentrar tudo em um fornecedor coloca sua empresa em risco caso algo dê errado com o parceiro. 

Por isso, é fundamental ter alguns “planos b” na manga, seja para atender clientes fora da área de cobertura do fornecedor principal ou para agilizar ainda mais as entregas em uma certa região.

3. Investimento em logística

A Amazon nunca economizou para tornar seus processos logísticos mais simples, ágeis e eficientes. 

Hoje, a companhia tem até robôs organizando prateleiras e grandes áreas dos seus armazéns. Veja o vídeo abaixo:

“Mas como eu vou ter verba para fazer esse tipo de investimento?”

Calma, você não precisa pensar em algo tão grandioso. 

Comece focando na sua realidade. Comprar bons equipamentos para manejo de estoque e usar sistemas de controle são excelentes passos iniciais.

Ferramentas como empilhadeiras, guinchos e paleteiras são excelentes para deixar tudo organizado e agilizar a reposição e transporte das cargas. 

Já os sistemas tecnológicos permitem que você acompanhe tudo que acontece no seu estoque e tenha controle sobre dados financeiros, quantidade de mercadorias, números de pedidos e muito mais. 

empilhadeira-manual

4. Entregas com a cara da sua empresa

Quem já recebeu o pacote com aquela fita azul e a seta curvada em forma de sorriso sabe de onde ele veio. 

A Amazon deixa sua marca registrada até no pacote da entrega, tanto que se responsabiliza pelo envio das lojas parceiras (que fazem parte do seu marketplace) justamente para entregar tudo com seu padrão estético. 

Se as vendas online são o seu forte, invista em boas embalagens

Elas ajudam a proteger o produto, garantir a felicidade do cliente e ainda servem como uma espécie de assinatura da sua empresa. 

Como funciona a logística da Amazon no Brasil?

logística da amazon no brasil

A logística da Amazon no Brasil é feita por uma rede de pequenas transportadoras parceiras, que formam a Amazon Logistics.

Eles não são funcionários da empresa, mas sim prestadores de serviços que estão espalhados pelos mais diferentes cantos do Brasil. 

Cada empresa tem sua área de cobertura, sendo que em centros urbanos maiores existem mais fornecedores responsáveis pelas entregas.

Negociando diretamente com eles a empresa consegue preços menores e mais controle sobre a rede de atuação, algo que não seria tão fácil caso a opção fosse uma parceria com os Correios ou qualquer gigante do ramo de transportes.

Para atrair parceiros, a Amazon promete ganho em volume, já que suas vendas são estratosféricas. 

Para dar confiança às lojas que vendem seu marketplace (e também para os consumidores), a Amazon é responsável por toda a etapa de logística.

Com isso, os lojistas menores podem vender no site da empresa (o que gera muita visibilidade) e contam com o suporte logístico, que é fundamental para a felicidade do cliente.

“Mas por que a Amazon faz isso?”

Porque ela sabe que com entrega não se brinca. 

Mesmo que ela não seja a responsável pela venda final, muito provavelmente o cliente que compra no site da Amazon vai buscar outro marketplace caso haja demora ou problemas no frete.

Frete é ponto sensível, por isso é que existe toda essa estratégia de contar com muitos parceiros e facilitar a vida de lojistas menos experientes com logística. 

A missão é não atrasar para não perder futuras vendas. 

Logística no DNA da empresa

Os processos logísticos são um diferencial competitivo da Amazon, algo que estava presente em seu DNA desde o princípio. 

Com o crescimento da empresa, cresceram também os investimentos no setor, e tudo isso foi a receita ideal para construir um enorme sucesso.

A logística da Amazon e seus diferenciais de mercado podem parecer algo distante da realidade de muitos negócios brasileiros, mas o importante é conhecer e se inspirar.

Tanto a empresa quanto seu fundador são excelentes referências de empreendedorismo, além de serem uma prova de que a tecnologia e o foco no cliente fazem a diferença para quem quer ir mais longe.

Por fim, lembre-se que você pode começar a mudar o jogo da sua empresa ao otimizar a logística. Nessa hora, não deixe de contar com a Equipacenter.

No site da Equipacenter você encontra ferramentas e equipamentos de logística indispensáveis para simplificar e agilizar seu controle e manejo do estoque.

Compartilhe:
Você também pode gostar

Deixe um comentário